Inovação e desenvolvimento

Em 2019, a Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) lançou um chamamento público para atrair Organizações da Sociedade Civil (OSCs) interessadas em atuar no desenvolvimento do ecossistema de inovação do Distrito Federal.

Por meio do Edital 03/2019, a Fundação selecionou OSCs para fomentar projetos que propusessem diferentes enfoques, metodologias, recursos, instrumentos e outros componentes para animar o ecossistema local. A iniciativa recebeu, mais tarde, o nome de Programa de Animação do Ecossistema de Inovação do DF.

O programa conta com orçamento global de R$ 15 milhões para fomentar os projetos aprovados na seleção. Cada uma das iniciativas contará com investimentos de até R$ 3,5 milhões para sua execução.

Hoje, o Programa contempla seis projetos que já estão em andamento:

Startup Brasília 2030

Seu principal objetivo será estimular a inovação aberta e aproximar empreendedores dos atores-chave do ecossistema para estimular negócios inovadores em áreas como saúde, finanças, educação, soluções de governo, segurança, entre outras áreas estratégicas.

O SB2030 pretende beneficiar cerca de 400 startups e empreendedores, oferecer talentos para os bancos de profissionais de 18 investidores e movimentar negócios locais de cerca de 50 prestadores de serviços especializados, entre coworkers, programadores, advogados, jornalistas, entre outros.

Distrito Digital

Tem como público-alvo Empresas, Autarquias, Universidades e Startups de modo a contribuir para o fortalecimento do ecossistema e promover a interação entre os diferentes atores citados. Propõe a realização de ações de capacitação, inteligência, inovação aberta e atração de parceiros. O modelo operativo prevê uma sequência de eventos, módulos e ações com o apoio de instituições diversas, além da ampla participação comunitária.

Cocreation Labs DF

O objetivo é a implantação dos Cocreation Labs DF no Plano Piloto, Gama, Samambaia e São Sebastião. Entretanto, os processos de prospecção e seleção de ideias esperam abranger territórios vizinhos a cada polo. Pretende-se, futuramente, atender a todas as RAs do DF e transferir a metodologia para alguns municípios da RIDE. O projeto conta com apoio da Universidade de Brasília (UnB) e do Instituto Federal de Brasília (IFB), cujos campi receberão dois pólos do programa. Espera-se que esses espaços mobilizem as pessoas do DF e entorno, aproximando-as do ecossistema de inovação da região e impulsionando seu potencial em inovação e economia criativa. Na primeira etapa do projeto, prevista ainda para o início de 2021, professores das instituições de ensino superior e a comunidade empreendedora irão receber informações e treinamento sobre o programa. Só depois disso será iniciada a inscrição e seleção dos projetos. Todas as mentorias e trabalhos utilizam a metodologia TXM, um modelo híbrido que une encontros presenciais e plataforma digital.

Mobiliza.DF

O programa proposto tem o objetivo de formar agentes públicos para o desenho e implementação de políticas públicas na área de inovação de forma eficaz e efetiva. Para gerar esse resultado, o programa terá 18 meses contando com 3 rodadas independentes e simultâneas. Cada rodada irá capacitar um total de 36 agentes divididos em seis equipes. Durante as rodadas, os participantes irão atacar desafios do ecossistema de inovação do Distrito Federal ao desenvolver um projeto de política de inovação por equipe.

i9Ação + DF

projeto voltado para animação e integração dos atores locais por meio do planejamento e viabilização de estratégias prioritárias ao fortalecimento do Ecossistema de Inovação do Distrito Federal. Alguns objetivos específicos do projeto são: Ter 30 instituições dos principais ambientes, programas de inovação locais integrados no planejando e atuando no fortalecimento do ecossistema de inovação do DF; Ter a definição de 4 áreas tecnológicas prioritárias ao fortalecimento do ecossistema de inovação; Ter um mapa contendo as fortalezas e deficiências do ecossistema de inovação do DF; Ter as estratégias prioritárias ao fortalecimento ecossistema de inovação do DF validadas pelos principais atores deste ecossistema; Ter mais de 500 ideias de potenciais startups submetidas em um programa de fomento a empreendimentos inovadores (StartBSB) no prazo de oito meses de execução deste projeto;

Conectando DF

O objetivo é implantar um programa para o desenvolvimento de soluções inovadoras para as empresas do DF, congregadas coletivamente através dos seus órgãos de classe. Os principais beneficiários são as micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) atuantes nos diversos segmentos industriais, incluindo agronegócio. Entre os resultados esperados estão: Fortalecimento das alianças estratégicas entre empresas, ICTs e governo propiciando iniciativas duradouras e de ação continuada na promoção e fortalecimento da cultura de inovação no Distrito Federal – Pleno envolvimento dos principais atores do ecossistema de inovação e fortalecimento da “Tríplice Hélice” no Distrito Federal. Desenvolvimento de soluções tecnológicas para os principais gargalos das empresas com forte impacto e desdobramento para o conjunto das MPMEs atuantes nos diversos segmentos industriais do Distrito Federal. Estímulo à produção acadêmica mediante a geração de novos conhecimentos e soluções inovadoras com possibilidade, inclusive, de geração de patentes, novos negócios de base tecnológica e startups.